sexta-feira, 18 de junho de 2010

E aqui sozinha, nesse silêncio perturbador, minha mente viciada em ter você, novamente anseia pelo calor dos teus braços... E essa saudade que insiste em doer, inebria-me, leva-me a viajar pra perto de ti... quase consigo sentir tua respiração, quase consigo tocar teu rosto ... mas ainda não é o bastante... Meu coração se perde em anseios insaciados... Até quando terei que suportar tua ausência, quando o que mais desejo é te abraçar novamente, e te ter aqui perto de mim ?
          
                                                                                                A meu amor .

                             By: Agny Tayná - No copy

4 comentários:

  1. aiin meu Deus, é exatamente o q eu sinto também; qd a gente ama e vive meio a distancia, a vontade de abraçar, de estar junto parece crescer a cada dia, e cresce mesmo, só quem ama nessas circunstâncias sabe exatamente como é

    ResponderExcluir
  2. ....é, a paixão é um fogo que arde...ás vezes dói, outras corrói...algumas matam...mas o que sentimos fica para sempre...

    ResponderExcluir
  3. o que sentimos fica pra sempre²

    ResponderExcluir
  4. Não me contento, mas consolo-me em imaginar uma doce voz, um leve som, entrando pelos meus ouvidos e viajando por todo o meu ser. Fazendo o coração bater rápido e o sangue se acelerar em minhas veias, causando um frio na barriga e um leve reconforto, dando-me forças para continuar a procurar e esperar que eu esteja errado quanto as divindades, e um anjo caia do céu em meus braços, e esse anjo, seja a pessoa amada.

    ResponderExcluir

"Escrevo o que estou sentindo, e é nesse instante que tenho a certeza de que não sou eu quem doma as palavras, são elas que buscam a minha emoção, são elas que têm dominante razão. Certeiras, esguias, os traços que me trazem a calma
não conheço outra forma de ser escritor, se não com a alma"
-
(Adriana N. Amaral)