quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012


                     Uma leve brisa toca o meu rosto, passando por entre  meus cabelos, fazendo a pele arrepiar e levando o pensamento aos caminhos que costumava percorrer. Tão sutil e tão simples, a mente vagueia por nossos dias como se jamais houvesse feito outra coisa na vida. É tão fácil relembrar e faz tão bem! Preguiçosamente, uma lembrança faz os lábios se abrirem e os olhos se iluminarem em um sorriso doce, saudoso e que somente pode ser conhecido ao reviver aqueles momentos...A atmosfera tão vívida, o meu interior límpido,  a vontade tantas vezes dilacerante de novamente tê-lo nos braços, tudo voltando à memória em fração de segundos, simplesmente pelo leve toque da brisa. É como sentir sua mão repousando em meu rosto enquanto sinto seus lábios nos meus, me fazendo sentir o amor tão puro e a mágica existente nos momentos só nossos.  O meu corpo, bem como minha mente se acostumou ao seu, é tão fácil sentir assim, como se sempre houvéssemos pertencido um ao outro, que não é necessário mais que um instante juntos, para que não saiba conceber pra mim outra realidade. 
                Ao contemplar tudo ao meu redor, sinto como se até mesmo aquele simples toque trouxesse um pedaço seu, a eletricidade existente nesse instante me arrepia, é como se você também estivesse aqui. Dentro de mim algo se agita e em esperança se enternece. A realidade da sua presença nesses dias - existente mesmo que no íntimo saiba das centenas de quilômetros que nos separam - aquece-me a alma. Uma calmaria e paz tomam conta de mim, como só acontece em um coração cujos recônditos se encontra somente amor.E é assim que me sinto, a ponto de explodir de amor, satisfeita com a certeza de que, independente da distância que insiste em nos manter separados fisicamente, no momento em que a brisa toca de leve meu rosto e penso em você, sei que em algum lugar neste universo, você também pensa em mim.

Agny Tayná Mota 
( em 16 de fevereiro de 2012)

3 comentários:

  1. http://www.palavrascompreensivas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "Uma calmaria e paz tomam conta de mim, como só acontece em um coração cujos recônditos se encontra somente amor"
    eu fiquei sem palavras hahahahah, que coisa mais linda, e eu que venho acompanhando o amor de vocês desde o início, mesmo de longe posso ver e posso sentir essa realidade de sentimentos e sonhos... Ainda verei o casório e participarei dele se Deus quiser...
    Que Deus abençoe sempre esse sentimento mana, que ele aumente sua capacidade de escrever mais e mais para todos esses momentos ficarem marcados para sempre para servir como exemplo para todos nós ^^

    ResponderExcluir
  3. ooown, me deixa emocionada. E é claro que vc vai ver o casório, vc é nossa madrinha, oras ! HHAHAHA
    Obrigada mana, é também pelo seu apoio que naão desisto de todos esses sonhos meus, que compartilho com vc ! xD

    ResponderExcluir

"Escrevo o que estou sentindo, e é nesse instante que tenho a certeza de que não sou eu quem doma as palavras, são elas que buscam a minha emoção, são elas que têm dominante razão. Certeiras, esguias, os traços que me trazem a calma
não conheço outra forma de ser escritor, se não com a alma"
-
(Adriana N. Amaral)